Baixa concorrência gera oportunidades no seguro de transporte

Começou hoje a Fetransporte Brasil Conference (FBC) 2020, evento voltado para profissionais do ramo de seguros de transporte e para corretores que desejam se especializar na área. Em formato totalmente online e gratuito, o evento irá reunir por três dias representantes do setor para discutir as oportunidades do mercado e conta com mais de 20 horas de conteúdos em vídeo, sendo sete delas em transmissões ao vivo.

No primeiro dia de evento, Thiago Fecher, corretor de Seguros da Aris Corretora de Seguros, ministrou a palestra “Porque o Seguro de Transporte de Cargas é uma ótima opção para a diversificação da carteira da sua corretora”. O seguro de transportes é um segmento com poucos especialistas. Segundo dados da Fetransporte, menos de 1000 corretoras de seguros PJ, de um total de 40 mil, atuam no ramo no Brasil.

O produto garante ao segurado a indenização pelos prejuízos causados aos bens protegidos durante o seu transporte em viagens aquaviárias, terrestres e aéreas, em percursos nacionais e internacionais. A cobertura pode ser estendida durante a permanência das mercadorias em armazéns.

De acordo com Fecher, este é um dos principais motivos para que os corretores de seguros se especializem no seguro de transporte. “É preciso quebrar o paradigma de que este é um ramo difícil de entender e de ofertar. Por não ter muitos especialistas espalhados pelo País, muitos clientes acabam ficando desamparados ou até sem saber da importância do produto. Se o profissional se capacitar, será mais fácil enxergar oportunidades de negócios e aumentar a lucratividade da corretora”.

Leia mais: Seguros Sura cria solução em seu Seguro de Transporte

Segundo o especialista, uma boa maneira de começar a oferecer o seguro de transporte é procurar por clientes que já façam parte da carteira. “Todo corretor deve conhecer minimamente sua clientela. Às vezes um consumidor que fechou o seguro auto com você trabalha em uma empresa que fabrica ou distribui produtos, e é neste momento que nasce a possibilidade de oferecer o seguro e fazer essa pessoa enxergar o quão importante é proteger a mercadoria. Além disso, é uma ótima chance de estreitar o relacionamento com o cliente, pois trata-se de uma apólice mensal e que necessita de contato constante entre segurado e corretor”.

Tecnologia é aliada do corretor

Durante a live “Direto ao ponto: uma conversa sobre inovação, tecnologia e o corretor de seguros”, que contou com a mediação de Anderson Ojope e a participação de Gustavo Doria, fundador do CQCS, foi debatida a importância da tecnologia para os corretores e como ela já auxiliava esses profissionais mesmo antes da pandemia.

Para Doria, a quarentena chegou para trazer enormes transformações nas relações interpessoais, e isso só foi possível graças às ferramentas tecnológicas. “Quando tudo isso começou, o corretor de seguros foi o primeiro a se adaptar à nova rotina imposta pelo isolamento social. Nossa atividade vai se desenvolver durante a pandemia e ajudar a construir o novo normal, pois somos garantidores do patrimônio das pessoas”.

Read More

Suhai e iFood fecham parceria e oferecem desconto no valor do seguro

A Suhai Seguradora firmou uma parceria com o iFood para beneficiar os cerca de 180 mil profissionais cadastrados no aplicativo. Até o dia 30 de junho, os motofretistas cadastrados poderão acessar o Delivery de Vantagens do aplicativo, cotar e contratar o seguro de Furto e Roubo com desconto. O processo é feito através da corretora de seguros Sequoyah, parceira da seguradora.

“Nossa ideia é proporcionar um processo rápido e sem burocracia para facilitar a vida dos milhares de motoboys cadastrados no aplicativo”, revela Robson Tricarico, diretor comercial da empresa. “A parceria com o iFood Delivery de Vantagens é uma iniciativa que busca conscientizar os profissionais dedicados ao serviço do delivery de que, com o seguro, podem continuar trabalhando sabendo que suas motos estão protegidas contra situações que não podem evitar e nem prever”, diz o executivo.

Para proteger os motoboys e suas famílias da covid-19, a seguradora distribuiu 15 mil máscaras reutilizáveis em São Paulo em abril e maio, sendo clientes da seguradora ou não.

Para conseguir cotar o seguro da Suhai, os motofretistas devem acessar o aplicativo e selecionar a aba Perfil.

Read More

Quarentena impulsiona procura pelo seguro residencial

A Minuto Seguros acabou de realizar um levantamento que mostra a elevação na procura por seguro residencial durante a quarentena em razão da pandemia de coronavírus, que teve início no mês de março.

Após o registro de aumento de procura por seguro de vida durante a pandemia, nos meses de março, abril e maio houve elevação também no interesse por seguro residencial. Na soma dos três meses citados, a busca pelo produto teve alta de 38% em comparação aos mesmos meses em 2019. De acordo com o CEO da empresa, Marcelo Blay, a maior demanda pelo produto tem relação com o maior período das pessoas em casa.

“Com boa parte das pessoas trabalhando em home-office durante a quarentena, aparece a necessidade de ter o apoio, por exemplo, dos serviços emergenciais, para poder contar com auxílio profissional em problemas corriqueiros com a garantia de ter uma companhia de seguros séria por trás. Com isso, há a percepção de que o produto tem um ótimo custo-benefício”, afirma Blay.

Além de possibilitar a realização de serviços emergenciais, como eletricista, encanador, chaveiro e reparos de linha branca (geladeira, fogão, máquina de lavar roupa e outros), o seguro residencial costuma surpreender os clientes quando seu valor é revelado, como destaca o executivo.

“O seguro residencial, assim como outros produtos do mercado, é desconhecido pelo público de maneira geral, que ainda tem a percepção que o seguro é caro quando na verdade é mais acessível do que se imagina. Por isso, quando o cliente se depara com tudo o que é oferecido entre coberturas e serviços, em comparação com o valor final, ele se surpreende positivamente”, diz Blay.

Valor gasto com serviços emergenciais ‘por fora’ e confiança no produto faz clientes procurarem seguro

O interesse pelos serviços emergenciais na procura pelo seguro residencial é impulsionado por dois fatores determinantes: a relação custo-benefício ante a contratação de profissionais para realizar cada serviço e a confiança em ter uma grande empresa por trás, no caso a seguradora, em que é possível acionar quando houver algum problema na casa. É o que explica Gabriela Ribeiro, consultora especializada em seguros de residência.

“Quando o cliente liga querendo contratar o produto, é comum contar casos como ter gasto R$ 200 com chaveiro só para abrir uma porta ou como o chuveiro que queimou de madrugada e ele não achou ninguém para consertar. Muitas vezes, o valor total do seguro, incluindo as coberturas e chamados de serviços emergenciais, custa quase o mesmo do que chamar uma única vez o chaveiro. A pessoa ainda leva em conta que a assistência do seguro é 24 horas e fecha a contratação sem pensar duas vezes”, afirma Gabriela.

Além de poder acionar os serviços emergenciais, as coberturas do seguro residencial também são um atrativo, como a de incêndio, raios e explosões, considerada básica e presente em toda apólice comercializada do produto. Roubo e furto, danos elétricos, impacto de veículos e danos causados pela natureza, como vendaval e granizo, estão entre as proteções que o segurado pode adicionar ao seu contrato.

Com essa mudança de cenário causada pela pandemia, a percepção da importância de outros produtos do ramo de seguros que vão além do automóvel tem tomado novas proporções, o que pode contribuir para a construção de um panorama promissor para o mercado no futuro, como analisa Blay.

Leia mais: Seguro residencial é aliado na prestação de serviços durante a quarentena

“O mercado de seguros no Brasil tem um potencial enorme. A parcela de pessoas e empresas que possuem algum tipo de seguro é muito pequena, na média talvez menos de 20%. Dada toda a incerteza trazida pela pandemia e a consequente necessidade de planejamento para o futuro, o seguro se encaixa perfeitamente como um elemento que reduz o risco e traz no seu bojo toda proteção necessária para enfrentar os infortúnios da vida”, ressalta o executivo.

  • Dados relacionados ao aumento da procura por Seguro Residencial foram levantados na base de informações da própria corretora
Read More
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support